1503

Licitação do aeroporto de Sobral deve ser lançada no início de 2017

Construção de novo aeroporto regional de Sobral avança para a elaboração de projeto de engenharia e definição de investimentos

 

A licitação para construção do Aeroporto Regional de Sobral deve ser lançada entre janeiro e fevereiro do próximo ano. Segundo o coronel Paulo Edson Ferreira, gerente de Aeroportos do Departamento Estadual de Rodovias do Ceará (DER), a expectativa é de que o anteprojeto fique pronto até novembro desde ano, com as licenças sendo solicitadas em seguida.

Os estudos preliminares do equipamento, no qual se definem detalhes do projeto de engenharia e o investimento necessário para a execução das obras, foi encaminhado pela Secretaria de Aviação (SAC) na semana passada.

O coronel explica que o novo aeroporto de Sobral será público e administrado pelo DER. “Caso o Governo do Estado do Ceará entenda, após Estudo de Viabilidade Técnico e Econômico (EVTE), o mesmo poderá vir a ser Concedido à iniciativa privada”, afirma.

Ele explica que o equipamento não integra o pacote de concessões atualmente em estudo pelo Governo do Estado por ainda estar em fase de implantação. Na lista de equipamentos para concessão privada, esperada para este ano, estão os aeroportos de Aracati, Jijoca de Jericoacoara e São Benedito.

Detalhes

Os recursos para construção do aeroporto de Sobral serão oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), geridos pela SAC. De acordo com o Estudo de Viabilidade Técnica, os investimentos previstos incluem a construção de terminal de passageiros de 3,5 mil metros quadrados (m²); pátio de aeronaves de 21,3 mil m², com oito posições; pista de pouso e decolagem de 1.600m X 30m; e seção contra incêndio modelo padrão. As características habilitam o novo aeroporto regional a operar com aeronaves de porte comercial, como o Airbus A319 (com capacidade para cerca de 120 passageiros).

A área escolhida para construção do novo aeroporto fica próximo à Rodovia CE-178, e atendeu a critérios como distância até o centro urbano, vias de acesso, uso do solo no entorno, ruído compatível, direção dos ventos, proximidade de outros aeródromos, movimentação de terra, dimensões de área e possibilidade de expansão, entre outros aspectos operacionais e geográficos.

Conforme o secretário Leonardo Cruz, o novo aeroporto representa a inauguração de um novo momento socioeconômico no Estado. “O município é um polo universitário regional e está em processo de industrialização, portanto precisa de bases para continuar crescendo. Conectar o destino ao País pela aviação é um grande passo neste sentido”, disse Cruz.

Aracati

O coronel Paulo Edson revelou que está em fase final de aprovação de um convênio com a SAC, no valor de R$ 30 milhões, para aquisição de equipamentos de segurança e proteção ao voo para os aeroportos de Aracati e de Jericoacoara. Adianta que com isso os aeroportos poderão operar com voos comerciais com aeronaves de grande porte.

FONTE: Conlicitação em 15/03/2016