Armazem Externa 1

Licitação prevê R$ 470 mil a galpão para Museu do Riso em Piracicaba

A licitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

icitação aberta para reforma e adaptação do armazém 14 A do Engenho Central de Piracicaba (SP), que deve sediar o Museu do Riso, prevê orçamento de R$ 470,04 mil para as obras no galpão. Segundo a Prefeitura, o projeto desta primeira etapa inclui intervenções de acessibilidade, segurança, atendimento do público e climatização.

A instalação completa do espaço cultural deverá custar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, valor que inclui toda estrutura e montagem do Museu do Riso, conforme afirmou a secretária de Ação Cultural, Rosângela Camolese, em 2015.

Entre as ações previstas na licitação de R$ 470,04 mil estão a construção de plataforma para acesso ao mezanino do armazém, divisão do galpão em compartimentos para permitir a climatização e instalação de ar-condicionado, melhorias no sistema elétrico, pintura (interna e externa), tratamento no piso e proteção contra incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), a área total reformada será de 566 metros quadrados. Com a licitação iniciada, a abertura das propostas de empresas interessadas em realizar as obras está programada para 11 de maio. Os trabalhos devem ser executados em 120 após a assinatura do contrato e da ordem de serviço.

Acervo e projeto
De acordo com a Prefeitura, o museu vai abrigar aproximadamente 400 obras, que fazem parte do acervo do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. O curador e diretor artístico Marcello Dantas assinou o projeto arquitetônico e de museografia. Ele também está por trás de espaços como Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e Museu do Caribe, na Colômbia.

 

Estrutura
Entre as atrações previstas para o Museu do Riso está a “Ponta de Lápis”, que ficará no centro do espaço. A função dela será reproduzir obras premiadas ao longo da história do Salão Internacional do Humor de Piracicaba. Na parte onde existe o grafite do lápis haverá uma pequena redoma, onde será guardado o Troféu Zélio de Ouro.

Outra instalação projetada é a “Risativa”, onde serão exibidos conteúdos em áudio e vídeo sobre assuntos explorados com frequência ao longo dos anos no salão. De acordo com a Prefeitura, charges, tiras, cartuns e quadrinhos vão conviver com informações sobre o contexto e os protagonistas dos eventos.

No “Confessionário”, serão projetados vídeos dos artistas, que falarão sobre tensões, segredos, neuroses e aventuras. “A lista de entrevistados deve incluir personagens historicamente ligados ao salão, piracicabanos e de outras cidades que tiveram suas trajetórias influenciadas ou até formadas pela participação no evento”, informou a Semac em nota.